Higo, a esposa salgueiro

Em certa aldeia japonesa, existia um grande salgueiro. Era amado por gerações sucessivas. No verão era um lugar de descanso, onde, após o trabalho e o calor do dia, as pessoas se reuniam para conversar até que a luza da lua se infiltrasse entre seus galhos. Nos dias de inverno lembrava um enorme guarda-chuva coberto de neve. Heitaro, um jovem lavrador, morava muito perto dessa árvore e, mais que qualquer…