Cannoli de Ricota

Leave the gun. Take the cannoli”


Talvez essa seja uma das frases mais memoráveis do filme “O Poderoso Chefão”. Dá um ar de familiaridade, uma lembrança da infância do diretor virou algo emblemático. A esposa pede ao marido que traga algo da rua. “Não esqueça os cannoli”. Ela pede em uma cena bastante trivial. De fato ele não esquece. Após o assassinato, ele deixa a arma, mas não esquece realmente os cannoli. Muito “família”, em todos os aspectos.

Misturar cinema e culinária pode ser uma experiência muito interessante. As vezes gosto de fazer pratos temáticos, e esse é bastante inspirador, além de ser uma delícia. Ótimo filme, ótima sobremesa siciliana.

Cannoli já é o plural de cannolo, que significa simplesmente, “pequeno tubo”.  É uma sobremesa proveniente da Sicília, mas também é muito popular nos Estados Unidos, recheada de um creme de queijo de ricota (ou mascarpone), adicionado à baunilha, chocolate, pistache, vinho Marsala, água de rosas entre outros ingredientes alternativos. Os cannolis de docerias italianas nos Estados Unidos  podem se diferenciar um pouco do cannoli original, provavelmente devido às adaptações feitas por imigrantes italianos durante o século XIX, que se depararam com uma certa dificuldade em encontrar os ingredientes originais na América. Os cannolis americanos ainda podem conter ricotta, embora mascarpone seja um pouco mais raro. Os recheios também podem variar, de pudim de leite à maisena. Em outros, o creme pode ser feito com baunilha, aroma de laranja ou um pouco de canela. Pistaches fatiados, pequenos pedaços de chocolate amargo e cascas de citrus cristalizados também são comumente usados, nas bordas do recheio, assim como ervas salpicadas, como decorativo.

Originado em Palermo, o cannoli era feito historicamente durante as festividades do carnevale italiano, provavelmente como um símbolo de fertilidade. Assim como a cassata siciliana, o cannoli foi produzido ainda antes da dominação Árabe.

As formas para cannoli tem formato cilindrico. Podem ser feitas por encomenda, ou se não encontrar pode usar latas de refrigerante com as extremidades dobradas para evitar cortes.

RECEITA

INGREDIENTES:

Massa:

400g de farinha de trigo

Uma colher de sopa de açucar

4 colheres de vinho tinto

4 colheres de sopa de margarina

1 pitada de sal

1  ovo

Recheio:

800g de ricota ( a receita original pede ricota de ovelha)

1 colher de sobremesa de essência de baunilha ou licor de sua preferência

200g de chocolate meio amargo picado

300g de frutas cristalizada

600g de açucar cristal

100g de açucar de confeiteiro

Cerejas para decorar

3 colheres de sopa de creme de leite

MODO DE FAZER

Massa:

Misture os ingredientes da massa, e trabalhe a massa sobre uma superfície lisa e enfarinhada até que ela fique bem lisa e homogênea.

Abra a massa com um rolo de macarrão até ela ficar bem fina, então, corte a maça em pedaços circulares do tamanho de um pires de café. Unte as formas de cannoli com óleo e envolvas delicadamente com cada pedaço da massa, “colando” a massa com um pouco de água na junção. Ponha uma xícara de óleo em uma panela e deixe esquentar. Frite a massa em óleo quente e retire assim que estiverem dourados. Escorra e deixe esfriar antes de retirar a massa dos cilindros. Reserve.

RECHEIO:

Amasse bem a ricota com um garfo e misture o açúcar e o creme de leite. Depois acrescente a essência de baunilha ou licor e junte também as frutas cristalizadas, o chocolate picado. Com essa mistura recheie os cannoli tomando o cuidado de não deixar o recheio cair pela ponta. Decore com as cerejas e polvilhe o açucar de confeiteiro sobre a casquinha. Deixe na geladeira por meia hora antes de servir.

OBSERVAÇÃO

O cannoli tradicional é feito com a ricota de ovelha que em geral não é tão farinhenta como a ricota que encontramos no supermercado. Uma forma de torná-la mais úmida e pastosa é acrescentar um pouco mais de creme de leite se necessário.