O grande cemitério de Pére Lachaise de Paris, fundado em 1804, precede em meio século os sepultamentos em cemitérios abertos decorrentes das leis e dos motivos sanitaristas, conforme ocorreu no Brasil. O Pére Lachaise , que era um bosque , continuou a sê-lo e jamais perdeu o predomínio paisagístico. Suas sepulturas celebrizadas pelos nomes dos sepultados, vão desde a estela simples até à estatuária monumental e às capelas jazigo de enorme riqueza.

Todavia, o distanciamento entre um e outro túmulo, a topografia em aclive, as veredas até o fim da vista e os caminhos curvos arborizados permitem um percurso e uma compreensão de todas as datas, desde os túmulos góticos transladados até o da escultura expressionista de nossos tempos. Não é à toa que este é um dos mais visitados pontos turísticos de Paris. Aliás o turismo cemiterial está presente em várias capitais do mundo, à exemplo de Buenos Aires.Aqui mesmo, no Brasil temos belos cemitérios, com monumentos tumulares que além de belos tem muita história para contar.Basta deixar o preconceito de lado e render-se à beleza dessas galerias de arte a céu aberto.

Galeria

[nggallery id=6]