Cinema e Educação

A utilização das novas tecnologias em sala de aula, como suporte para se transmitir conhecimento aos alunos está muito em voga nas discussões pedagógicas atuais. E dentre as novas tecnologias, o cinema ocupa um lugar de destaque. E se não ocupa, o deveria, pois o que não faltam são ótimas produções para se abordar em sala sobre os temas mais variados. Aqui nesta seção cito algumas sugestões de filmes que coletei em pesquisa em jornais, revistas, livros, locadoras e sites da internet.
Cada filme apresenta na verdade múltiplas possibilidades e dependendo da criatividade e habilidade do professor em conduzir o processo, pode ser uma experiência riquíssima, principalmente considerando as possibilidades de se estabelecer uma relação interdisciplinar a partir do conteúdo do filme, tornando a aprendizagem mas dinâmica, crítica e participativa.

Entretanto, vale lembrar que o filme é apenas uma entre tantas possibilidades dentro do universo que vem crescendo e se desenvolvendo no campo da tecnologia e que deve ser aproveitado de forma intensa pelos educadores.
O uso da televisão, Internet e do cinema, meios de comunicação e entretenimento com consumo cada vez mais intenso, motivam críticas e debates sobre o uso mais adequado dessas informações, difundidas num ritmo cada vez mais frenético em nossa sociedade. Trabalhar com esses recursos em sala de aula suscita por parte do professor a necessidade de aguçar em si e em seus alunos um olhar crítico.
Ao utilizarmos o filme ao qualquer outro recurso tecnológico em sala de aula devemos ter essa preocupação pois se assim não agirmos tornamos a atividade inútil, visto que a informação vinculada pelo filme será apenas fixada, em uma transmissão estanque de conhecimentos, sem provocar o questionamento ou motivar a pesquisa.
No site há uma lista por disciplinas cada uma com sugestões de filmes organizados por assunto.
Bibliografia

ARAÚJO, Inácio. Cinema, o mundo em movimento. São Paulo, Scipione, 1995.
BERNARDET, Jean-Claude & RAMOS, Alcides Freire. Cinema e História do Brasil. São Paulo, Contexto, 1988.
CITELLI, A. Comunicação e Educação: a linguagem em movimento. São Paulo, Editora SENAC, 1999.
COSTA, Antonio. Compreender o cinema. São Paulo, Editora Globo, 1989.
FÈRRES, Joan. Vídeo e Educação. Artes Médicas, 1995.
FERRETI, Celso João. O filme como elemento de socialização na escola. São Paulo, FDE, 1992.
MARTIN, Marcel. A linguagem cinematográfica. São Paulo, Brasiliense, 1990.
MORRONE, Maria Lúcia. Cinema e educação: a participação da “imagem em movimento” nas diretrizes da educação nacional e nas práticas pedagógicas escolares. São Paulo: FE/USP, dissertação de mestrado, 1997.
PFROMM NETO, Samuel. Telas que ensinam: mídia e aprendizagem do cinema ao computador. Campinas, Alínea, 1998.
PRETTO, Nelson. Uma escola sem/com futuro, educação e multimídia. São Paulo, Papirus, 2001.
SALIBA, Elias Thomé. A produção do conhecimento histórico e suas relações com a narrativa fílmica. São Paulo, FDE, 1992.
SERRANO, Jonathas e Venancio Filho. Cinema e educação. São Paulo, Melhoramentos, 1930.
SOARES, Ismar de Oliveira. Sociedade da informação ou da comunicação. São Paulo, Cidade Nova, 1996.
TELES, Ângela Aparecida. Cinema contra cinema: o cinema educativo em São Paulo nas décadas de 1920/1930. São Paulo: PUC, Dissertação de Mestrado, 1995.

Sites