3 thoughts on “Poesia

  1. Na galeria do meu espírito
    Eu ouço a música de minha alma
    Eu ví o buraco no meu coração
    E bebí as lágrimas da minha dor
    Eu fiquei de pé nas sombras da minha vida
    Esperando pela minha aparição
    Na rua da solidão
    Dentro das paredes do meu medo

Deixe uma resposta