Arquivo da Categoria 'dicas'

Jogo fecha ao entrar no Asylum

26/01/2010

Esse problema parece apresentar-se com frequência em jogos com o patch 6.7 não oficial instalado. Acontece um crash no jogo e ele fecha sempre que se tenta entrar na boate Asylum.

Quando isso acontece aparece a mensagem “The error message: Engine Error No precache: *38”

No ForumPlanet esse problema foi resolvido da seguinte maneira.

O Jogo precisa ser completamente desinstalado. Faça um backup do diretório dos saves e depois apague todo o diretório do jogo, só então reinstale. Assim que tiver reinstalado transfira os arquivos que você salvou do jogo e então instale o patch original 1.2. Depois que fizer isso abra o jogo, carregue o último arquivo salvo e crie um novo save com um nome diferente. Feche o jogo instale o patch 6.7 e então abra o jogo novamente, carregue o save novo que foi criado e veja se o problema foi solucionado.
O mais curioso é que se alguém tentar abrir o save anterior o erro se repetirá.
Ainda não descobriram a causa desse bug, mas esperamos que seja solucionado no próximo patch

 

Postado por Beatrix | Arquivado em bugs, dicas | 2 Comments »

 

Windows Seven e Vampire Bloodlines

21/10/2009

Com muitas matérias espalhadas na internet e revistas especializadas elogiando o novo sistema operacional da Microsoft a ser lançado no dia 22 de outubro houve muita expectativa em saber se esse SO de fato cumpria com o prometido e enterraria de vez a má impressão que o lançamento do pesadíssimo Windows Vista causou frente aos usuários, com seu consumo voraz de memória e bugs a granel.

Ao que parece, ao menos de acordo com a versão Beta que testei, o sistema parece realmente estável e rápido, mas ainda é cedo para conclusões. Há bugs como a chatice das configuração de rede, que fica criando uma rede adicional desnecessária que bug a conexão de vez em quando e outras coisinhas, mas nada creio eu, que algumas atualizações não resolvam. Mas uma coisa que despertava a minha curiosidade é, será que Vampire Bloodlines roda no Windws 7?

windows7

A resposta é sim, mas não nativamente. Para fazê-lo rodar é necessário além de ter uma boa configuração de hardware, instalar o patch não oficial mais recente (atualmente o WESP 7.0, mas pode ser qualquer um a partir do 6.5). No meu caso ainda por cima resolvi experimentar a versão 64 bits do Winodws 7. Como nativamente Bloodlines não roda em 64 bits, estava ainda mais apreensiva com esse teste. Felizmente o patch não oficial WESP a partir do 6.5 já vem com uma correção que resolve esse problema e alguns outros, como o de resolução em modo wide screen. Como uso um monitor de 19 polegadas wide, o patch também me ajudou a resolver esse problema.

Assim, logo após instalar Bloodlines instalei o patch Wesp 6.5 e ele rodou sem problemas, sem precisar sequer apelar para o modo de compatibilidade a princípio, que consta na versão Ultimate do Windows 7, que foi a versão que testei, a RTM 7600 Ultimate.

Em alguns casos, quando o jogo é executado, os sons são ouvidos mas a tela fica preta. Eu conseguia resolver isso simplesmente apertando a tecla windows e minimizando o jogo e depois maximizando novamente, mas há essa dica do leitor Augusto para o problema.

Tela preta no Windows 7

Clique no Icone do atalho do  jogo com o direito e escolha a opção Propriedades, depois escolha  a aba Compatibilidade  A seguir marque a caixa “Desativar composição de área de trabalho” . Em alguns casos é necessário também marcar a opção “Executar programa em modo de compatibilidade”.  A escolha Windows XP (SP3) funcionou perfeitamente.

Para alguns problemas de compatibilidade é indicado  também marcar a opção “Desativar dimensionamento da exibição em configurações de DPI alto”. Depois de executar esses procedimentos, clique em aplicar e dê ok fechando a caixa propriedades do atalho. Isso definitivamente acabará com os problemas de execução do jogo no Windows 7.  Se não resolver o problema pode estar relacionado as configurações do computador. Sempre dê uma checada se ele atende aos requisitos, principalmente quanto a placas de vídeo.

Essa possibilidade de rodar no Windows 7 traz mais tempo de vida útil ao jogo, que apesar de muito criticado a época de seu lançamento principalmente pelos bugs, ainda assim conta com uma comunidade muito ativa na internet que sempre proporciona além dos patchs de correção, uma série de skins e mods que acrescentam novidades ao jogo. Uma pena realmente que Vampire The Masquerade Bloodlines esteja fora de catálogo e não seja mais comercializado no Brasil. A única forma de adquirí-lo oficialmente até bem pouco tempo atrás era através da Amazon, mas infelizmente a companhia atualmente se nega a vender jogos para certos países, incluindo o Brasil. Ou seja, para o consumidor brasileiro que quiser conhecer o jogo só restou as vias ilegais, o que é uma pena. Já tive quase 6000 downloads do arquivo em pdf do tutorial que criei para o jogo e recebi várias mensagens de pessoas interessadas em adquirí-lo. Vejo vários lançamentos de jogos antigos em modo best price em bancas de revista e acho realmente uma pena Bloodlines não estar entre esses lançamentos, mercado para isso teria com certeza.

Só por curiosidade, a configuração da máquina em que testei o jogo. É uma boa configuração de hardware é verdade, mas acredito que todo pc capz de rodar o Windows 7 possa dar conta de rodar Bloodlines, desde que tenha uma boa placa de vídeo, memória e espaço suficiente.

Intel Core 2 Quad 2,66 8Mb de cache

4 GBs de memória Ram DDR2

Placa de vídeo Nvidia Geforce 9500 GT – 1 GB DDR2

SO Windows 7 Ultimate 64 bits

Motherboard ASUS P5KPL/1600

 

Postado por Beatrix | Arquivado em Curiosidades, dicas, Geral, Tutorial | 23 Comments »

 

Tutorial 3d-analyze

29/04/2009

É notorio que apesar de ser um jogo antigo (2004) Bloodlines é muito exigente em termos de hardware. Não roda com qualquer placa de vídeo ou monitor, exige muita memória RAM e um bom processador. As incompatibilidades são muito comuns principalmente no caso das placas onboard da Intel, pois não roda em chipsets da intel inferiores a 965G. Usar o programa emulador de DirectX 3D Analyze.

O que é o 3D Analyze?

3D Analyze é um programa que “emula” certas DirectX, para jogar games que geralmente não rodam em suas placas com suas DirectX nativas. Neste guia, você aprenderá como configurar corretamente este programa.

3d-analyze_2

Primeiro deixe-me explicar sobre as gerações das placas e as suas DirectX. Esta parte é importante para saber qual é sua DirectX e como emular.

Placas compativeis com DirectX 5.0/6.0

Aqui se encaixam todas as placas de video, de 1995 a 1999. Por exemplo todas as placas 3dfx e placas de video Intel, SiS e S3 Graphics (on-boards).

Placas compativeis com DirectX 7.0
Aqui se encaixam placas de 1999 a 2001. As principais caracteristicas destas placas são unidades de hardware para T&L (Transform and Lighting) e suporte a Bump Mapping. Por exemplo, você pode pensar em Radeon 7000, GeForce, GeForce 2, e GeForce 4 MX.

Placas compativeis com DirectX 8.0

Aqui se encaixam placas de video de 2001 a 2003. Estes hardwares suportam pixel e vertex shader em versões 1.3. Exemplo: GeForce 3 e GeForce 4.

Placas compativeis com DirectX 8.1

Aqui se encaixam as mesmas placas, principalmente feitas pela ATI, de 2001 a 2003.
Estes hardwares suportam pixel e vertex shader em versões 1.4. Por exemplo: Radeon 8500, Radeon 9000, Radeon 9150, Radeon 9250…

Placas compativeis com DirectX 9.0

Nesta categoria, se encaixam, placas desde 2003. Nesta geração, as caracteristicas notaveis são: unidades de hardware para pixel e vertex shader em versões 2.0. Por exemplo, você pode pensar em: Radeon 9×00, Radeon Xx00, Radeon X1x00, GeForce 5×00, GeForce 6×00, GeForce 7×00, e XGI Volari V5/V8.

• Executando o 3D Analyze

Depois de baixar o 3D Analyze  execute e mande os arquivos para uma pasta. Execute o 3DAnalyze.exe.

Clique em SELECT, selecione o jogo que quer jogar. Selecione o executavel dele. (Não o atalho dele, mas sim o executável)

Se a sua placa de video não bate com a que o requisito minimo que o jogo pede, você tentará emular com o 3D Analyze. Veja como você deve fazer para tentar emular a DirectX.

• DirectX < 7.0 para DirectX 7.0

– Marque emulate HW TnL caps, emulate cube maps and emulate bump map caps

• DirectX 7.0 para DirectX 8.0

– Marque emulate other DX8.1 caps,emulate pixel shader caps and skip pixel shader version 1.1

• DirectX 8.0 para DirectX 8.1

– Marque skip pixel shader version 1.4

• DirectX 8.1 para DirectX 9.0

– Marque skip pixel shader version 2.0

 

As caixas de texto VendorID e DeviceID são, para usar no caso, que dê uma placa de video não suportada.

3d-analyze_4

Ao lado destas caixas, há ID’s de algumas placas para você marcar nestas caixas de texto.

3d-analyze_5

Para rodar os jogos, clique em RUN

Logicamente, o 3D Analyze, não subistituíra perfeitamente, estas funções das placas de video. Porém, tem um grande sucesso com as emulações de DirectX < 7.0 para DirectX 7.0 e de DirectX 8.1 para DirectX 9.0. E, raramente, consegue um bom empenho de emulação para DirectX 9.0 com um DirectX 7.0.

Tutorial original:

http://www.3dfxzone.it/dir/articles/template.php?id=5&pid=1

Fonte: www.snk-neofighters.com/forum/index.php

 

Postado por Beatrix | Arquivado em dicas | Comentários desativados em Tutorial 3d-analyze

 

Deixando a personagem Malkaviana como a Jeanette

30/10/2008

Esse é um arquivo para deixar a personagem malkaviana com a aparência da Jeanette. Para isso basta baixar e descompactar esse arquivo dentro da pasta Vampire no diretório do jogo

http://www.4shared.com/file/69078168/2cda7f5d/malkavian_jeanette.html

 

Postado por Beatrix | Arquivado em dicas, Downloads, Geral, Mod | 16 Comments »

 

Erro "Microsoft Visual C++ Runtime Library Runtime"

20/09/2008

Confira se seu computador atende a todos os requisitos, caso não haja nenhum problema quanto a isso, siga essas dica:

1) Clique com o botão direito em seu desktop e selecione Propriedades.
2) Configurações
3) Defina a resolução de tela em 800×600.
4) Definição de cores em 32 bit.
5) Clique em aplicar e dê ok

Esse problema também pode ser causado pela placa de som:

1) Clique em iniciar e depois executar.
2) Escreve: dxdiag e dê ok
3) Selecione a opção placa de som e mova o controle de aceleração até básico e dê ok.
Depois dessas configurações teste se o erro persiste.
Se não resolver tente a edição de registro, mas tome cuidado pois qualquer erro pode prejudicar o sistema.

Editando o registro:
Vá ao menu iniciar e depois clique em executar. Digite regedit.

Irá abrir a janela de edição do registro do Windows. O registro é algo que só deve ser alterado por quem souber fazê-lo, pois alterar o registro de forma inadequada pode danificar o sistema operacional. Antes de alterar o registro faça um backup.

Depois disso siga pela seguinte sequência até encontrar a chave WIN32
HKEY_LOCAL_MACHINE -> SOFTWARE -> Python -> Pythoncore2.1 -> Pythonpath -> WIN32

Clique sobre o a chave com o botão direito e escolha a opção exportar. Salve o arquivo da exportação em um diretório de sua escolha em seu computador. Depois clique novamente com o botão direito e clique na chave WIN32 e escolha a opção excluir. Agora feche o registro. E teste se o problema foi solucionado.

 

Postado por Beatrix | Arquivado em bugs, dicas, Geral | 5 Comments »

 

Alterando as músicas do jogo

23/08/2008

As músicas que você ouve durante o jogo se encontram na pasta “musica” que por sua vez fica dentro do diretório “sound”, na pasta “Vampire”, dentro do diretório do jogo. O caminho completo fica mais ou menos assim, dependendo do local onde você instalou o jogo:

C:\Arquivos de programas\Activision\Vampire – Bloodlines\Vampire\sound\music

Read the rest of this entry »

 

Postado por Beatrix | Arquivado em dicas, Geral, Mod | 1 Comment »

 

Mod para adicionar mais clãs ao jogo

23/08/2008

Existem diversos mods disponíveis para Vampire Bloodlines que podem ser encontrados em sites na internet (ver links). Para instalar um mod você deverá normalmente descompactar o arquivo e colocá-lo no diretório correto do jogo. Alguns mods requerem cuidados, principalmente se você usa a tradução da Game Vício. De preferência, instale os mods antes dos patchs de atualização, deixando para instalar por último a tradução. Mas fique atento diante da possibildade de haver falhas e bugs.

Read the rest of this entry »

 

Postado por Beatrix | Arquivado em dicas, Geral, Mod, Tutorial | 39 Comments »

 

Bug da tela preta ou monitor fora de sicronia

07/07/2008

Em primeiro lugar, confira se seu computador está de acordo com a configuração requerida para o jogo. Esteja certo de ter os drivers mais atualizados para a sua placa de vídeo e o seu monitor.

Isso pode acontecer quando o monitor não é capaz de exibir a taxa de atualização correta do jogo. Caso o monitor suporte a taxa requerida você pode tentar resolver o problema da seguinte maneira. Você precisa alterar manualmente a taxa de atualizaçao do monitor para o jogo no seu sistema.

1) Vá ao menu Iniciar e clique em executar. Então digite "dxdiag" sem as aspas. Aperte em Ok. Isso vai abrir a ferramente de Diagnóstico do DirectX.

2) Clique na aba Mais ajuda.

3) Clique no botão substituir

4) Altere o valor de atualização do Directdraw para 60 (ou outro valor mais alto que seja suportado pelo seu monitor).

5) Clique em ok e feche o utilitário de Diagnóstico Agora todos os jogos no seu computador irão rodar com a taxa de atualização escolhida. Para reverter a mudação, volte a ferramenta de Diagnóstico em altere o valor da taxa de atualização para padrão.

Isso também pode acontecer se o seu computador não suportar a resolução padrão do jogo. Então, você terá que configurar manualmente a resolução do jogo para uma das resoluções suportadas pelo monitor.

O jogo suporta as seguintes resoluções de tela:

800×600

1024×768

1280×1024

1600×1200

Esta solução é apenas para usuários avaçados. Tente-a por sua conta e risco.

Para fazê-lo você terá que mexer no registro do Windows.

1) Vá ao menu Iniciar e clique em executar. Então digite "regedit" sem as aspas. Aperte em Ok. Isso vai abrir a o editor de registro do Windows.

2) Clique na aba HKEY_CURRENT_USER

3) Depois clique em SOFTWARE

4) A seguir em Troika

5) E por fim em Vampire

6) Selecione a opção Settings

7) A direita você verá a chave ScreenHeight. Dê um duplo clique e na caixa que aparecerá, você modificará o valor, que corresponderá ao segundo valor da opção de resolução de tela (Se você quiser 1280×1024 deverá colocar o valor 1024 aqui)

8) Dê ok

9) Agora clique na chave ScreenWidth e modifique o valor, que corresponderá ao primeiro valor da opção de resolução de tela pretendida (Se você quiser 1280×1024 deverá colocar o valor 1280 aqui).

10) Clique em Ok e feche o editor de registro. O jogo irá inicializar com a resolução que você escolheu. Esteja certo de escolher uma resolução suportada pelo seu monitor. Se você não tiver certeza sobre as resoluções e taxas de atualização suportadas pelo seu monitor, entre em contato com seu fabricante, ou procure informações na internet em sites de hardware.

 

Postado por Beatrix | Arquivado em bugs, dicas, Geral | 4 Comments »

 

Modo Multiplayer

03/07/2008

Ao conhecer o jogo VTMB pela primeira vez, quase todos perguntam sobre a existência de um modo multiplayer, algo tão importante em jogos do estilo RPG/ação. A resposta a essa questão à principio é um categórico não.

VTMB não possui um modo multiplayer, e isso é colocado de forma bastante clara na seção de dúvidas do site da Activision, onde é possível encontrar algumas respostas sobre problemas técnicos do jogo.

Especula-se que talvez esse modo multiplayer fosse fazer parte de uma provável expansão do jogo, visto que no código é possível encontrar o arquivo de implementação da função. Na verdade esse é o resquício de uma idéia que foi abandonada pela equipe, e não algo a ser implementado futuramente, como foi colocado em entrevista por Leonard Boyarsky antigo CEO e Diretor de Arte da Troika Games na ocasião do lançamento do jogo.

Contudo isso não impediu que os fãs do jogo aproveitassem o código existente para tentar habilitar através do Modo Console, um Modo Multiplayer, ainda que bem tosco e aquém do desejado.

Caso queira experimentar por sua conta e risco seguem aqui mais instruções:

MODO MULTIPLAYER

Para que o modo multiplayer funcione é preciso ter o arquivo multiplayer.cfg. Esse arquivo consta do arquivo pack101.vpk e deve ser extraido para o diretório cfg do jogo (use o VPK Tools). Ele também é instalado com o patch não oficial 5.0 “WESP”.

O diretório correto seria esse dependendo de onde se instalou o jogo:

C:\Arquivos de programas\Activision\Vampire – Bloodlines\Vampire\cfg

Também é possível criar o arquivo com o bloco de notas. Abra o bloco de notas. Salve esse arquivo no diretório cfg com o nome multiplayer e a extensão cfg em vez de txt (fica assim multiplayer.cfg). Para isso, na janela de salvar arquivo, preencha da sequinte maneira, na opção “salvar como tipo”, selecione todos os arquivos. Assim, o documento será salvo com a extensão cfg e não txt. Depois de salvar o arquivo confira se salvou no diretório certo e com a extensão correta.

Agora edite o arquivo com o bloco de notas acrescentando as seguintes linhas de texto:

—————————————–

noclip

coop “1”

deathmatch “1”

rate “10100”

dsp_player “0”

adsp_debug “1”

maxplayers 20

mp_footsteps “0”

mp_decals “700”

sv_lan 1

sv_maxunlag “1”

sv_stepsize “3”

sv_unlagsamples “0”

sv_unlag “0”

sv_footsteps “0”

sv_teststepsimulation “0”

sv_jump_boost “0”

sv_jump_maxspeed “0”

sv_gravity “0”

sv_noclipspeed “20”

sv_lan 1

map < map >

connect < ip >

————————————

Salve o arquivo. Não deixe de substituir a palavra map entre <> pelo nome do mapa que o grupo usará. Também substitua a palavra ip entre <> pelo IP do servidor.

Logo após maxplayers, substitua o número 20 pelo número máximo de jogadores que o servidor suportará. Melhor não exceder 5 jogadores.

Para abrir o servidor, abra o modo console e execute o comando:

exec multiplayer.cfg

Para conectar ao servidor, abra o modo console e execute o comando: “connect (ip) “

Substitua ip pelo número do IP do servidor.

Infelizmente essa não é uma solução estável, pois se baseia em algo que não estava completamente implementado no jogo. Não há senhas nem algo do tipo que garanta segurança de acesso ao servidor nem que evite códigos de trapaça. Também é necessário tomar cuidado ao configurar o firewall para não barrar as conexões dos jogadores. Aconselhável testar apenas em pequenas redes internas.

 

Postado por Beatrix | Arquivado em dicas, Geral | 3 Comments »

 

Bug da sociedade dos Leopoldos

12/06/2008

Este é um dos bugs mais conhecidos, e inclusive foi reportado pelo próprio desenvolvedor do jogo, o que resultou no lançamento do único patch oficial lançado (mais informações ver patch 1.2). O bug acontece durante o salvamento do Dr. Johansen. Ao correr para o barco e tentar fugir antes da explosão, o jogo simplesmente fecha. A solução para o problema é instalar o patch de correção, entretanto em alguns casos, mesmo instalado o patch o problema persiste, nesse caso a opção é apelar para o modo console.

Veja nesse link como ativar o MODO CONSOLE.

Depois de entrar no jogo usando o modo console, carregue seu último save e durante a fuga da Sociedade dos Leopoldos procure ficar o mais perto possível do bote mas sem entrar nele.

Saia do jogo precionando a tecla ESC, então abra o console pressionando a tecla logo acima do botão TAB (se o seu teclado for o brasileiro essa é a tecla correta e não o “~”).

tecla

Na janela do console digite o seguinte comando:

SaveJohansen()


Aperte a tecla enter. Logo à seguir, se você não for Nosferatu, digite o seguinte comando:

changelevel2 la_hub_1 taxi_landmark

Para os Nosferatus, o comando correto é esse:

changelevel2 la_hub_1 sewer_map_landmark

Aperte a tecla enter. Agora feche o console e retorne ao jogo. Confira se seus itens estão no inventário. Caso não haja itens em seu inventário retorne ao save anterior e repita o processo, mas dessa vez tente se aproximar mais do bote.

Se não funcionou da primeira vez não desanime, tente até conseguir e não esqueça de manter sempre alguns saves de reserva.

 

Postado por Beatrix | Arquivado em bugs, dicas, Geral | 17 Comments »