Kuei-Jin

14/01/2009

Tags: ,



Os Kuei-Jin, Cataianos ou Vampiros do Oriente, não são realmente vampiros. Eles são uma forma similar de morto-vivo proveniente da Ásia. Os Kuei-Jin geralmente não gostam dos vampiros europeus, e tem uma visão negativa em relação a eles, considerando-os inferiores, mas não necessariamente os vêem sempre como inimigos. Os mortos ressurgidos são como uma espécie de fantasma, que precisam sanar suas dívidas cármicas, a diferença é que seu desejo de viver era tão grande que o Grande Ciclo lhes deu uma oportunidade de voltar a viver, e assim ressurgir em seus próprios corpos mortos. Precisam de sangue para viver assim como os vampiros europeus, chamados por eles de Kain-jin, mas não é o sangue que os mantém vivos e sim o Chi que o sangue contém.

vtmb-screen_065

Alguns deles são capazes de retirar o Chi da respiração da vítima, outros do ambiente (osmose), enquanto alguns refinaram a arte da culinária com a carne humana. Seguidores de um dos Cinco Dharmas, que lhes mantém no curso da redenção dármica, são suscetíveis à luz do sol e ao fogo assim como os vampiros ocidentais.

Os Kuei-jin são vulneráveis até certo ponto à luz solar, mas o grau de vulnerabilidade varia de acordo com a quantidade de energia Yin em seus corpos. Eles não “queimam” com a luz; na verdade, eles apodrecem, uma vez que a energia Yang do sol corrói a mágica sobrenatural que anima os corpos dos Kuei-jin.

Nem todos os Kuei-jin precisam beber sangue para se sustentar. Os mais inferiores, os chih-mei, obtêm seu Chi da carne humana (ou de outros seres conscientes). Vampiros mais refinados são capazes de “beber” a respiração, o espírito ou mesmo a essência bruta. Como efeito secundário, os Kuei-jin, são perfeitamente capazes de comer e beber alimentos normais, embora isso não os nutra. Os Kuei-jin podem até ficar bêbados, embora a quantidade de álcool exigida para esse efeito seja extremamente prodigiosa (considere que um Kuei-jin seja capaz de beber 10 vezes mais álcool que um humano normal.

Os Kuei-jin possuem uma segunda natureza, a natureza do demônio. As duas naturezas (Hun, sua natureza normal e P’o, sua natureza demoníaca) vivem em conflito, o que freqüentemente afasta o vampiro de seu caminho dármico.

Os Kuei-jin não acreditam ser descendentes de Caim, portanto o conceito de gerações é irrelevante para eles. Eles medem seu poder por idade e progresso ao logo do Dharma. Como efeito secundário, não existem “clãs” de Cataianos. Embora geralmente eles se agrupem em seitas, hierarquias, escolas e outras estruturas sociais, tais unidades não são ditadas pelas excentricidades do Sangue.

Os Kuei-jin não criam carniçais. Seu karma é sofrer essa maldição sozinhos, não compartilha-la com outros. Contudo, Kuei-jin que sofrem de desequilíbrios de Yang podem engravidar ou engravidar outros! Essas crianças híbridas são chamadas de Dhampyrs.

Os Kuei-jin precisam regular cuidadosamente sua ingestão de Chi, ou sofrerão de um desequilíbrio de Chi. Um desequilíbrio de Chi Yin pode levar o vampiro a tornar-se mais desumano ou parecido com um cadáver ao longo do tempo; por outro lado, um desequilíbrio de Yang pode levar a uma série de doenças vampíricas fatais e extremamente contagiosas.

Para os Kuei-jin, o torpor é um estado chamado de Pequena Morte. Durante a Pequena Morte, o corpo do vampiro “morre”, mas a alma dual permanece dentro do cadáver. Os Kuei-jin temem a Pequena Morte, pois é um momento angustiante de visões e pesadelos, quando o espírito fica bastante vulnerável a mágicas hostis. Muitos Kuei-jin perdem seu caminho dhármico após passar pela Pequena Morte.

A Morte Final é tão real para os Kuei-jin quanto para os Cainitas. Através dela, a alma retira-se do corpo, que imediatamente cai e transforma-se em cinzas. Na verdade, os Kuei-jin temem a Morte Final como poucas criaturas. Eles acreditam que, para eles, não haverá outra reencarnação. Eles morrerão outra vez sem estar completos, e o Grande Ciclo irá recusa-los de novo, obrigando-os a enfrentar um Esquecimento (Oblivion) semelhante ao da maioria dos espectros monstruosos.

 

 

Postado por Beatrix em 14/01/2009 | Arquivado em Geral, Grupos | 3 Comments »


3 Responses to “Kuei-Jin”

  1. outubro 26th, 2010 at 17:13

    Charles Malkavian said:

    Pseudonomios…
    no fim, eles são mesmo vampiros. Mas somente uma forma organizada de Caitiff

  2. outubro 15th, 2012 at 17:56

    steven said:

    pf eu jogo issomuito ta ligado

  3. abril 10th, 2013 at 14:37

    Rafael said:

    Bem amigo que disse que Kuie-jins não passam de caitffs organizados. Pra começar, os cataios não conhecem esse termo, portanto, pra eles isso não existe.2º, o conceito de caitiff se originou para noemar cainitas que estão tão distantes de Caim que não há como distinguir sua linhagem, no entanto entre os kuei-jins não existe linhagem, pois, eles não são abraçados, eles não têm um progenitor do qual desendem. Fico enojado ao ver um pseudo jogador de rpg falar uma tolisse dessas de uma das raças sobrenaturais mais forte do mundo das trevas, que vence brincando qualquer cainita. Logo se vê que nem parou para ler o livro e por não ter o que falar fica depreciando sem conhecer. Uma dica, leia o livro antes de fazer qualquer comentário, assim evita falar besteiras.